segunda-feira, 15 de março de 2010

postada no dia 26 de outubro de 2009.
hoje chorando de raiva, olhei cada palavra, cada letra que aqui estavam escritas, acreditava na verdadeira amizade e quem sabe encontrar alguém que me amasse. pena ou quem sabe decepção por nada ser como a gente realmente quer, alegria ou tristeza por saber que hoje eu sei quem são os meus amigos e quem realmente me quer ver no chão. hoje acreditava que tudo poderia ser diferente, que NADA seria como já foi um dia, mais a infelicidade de percebe que nada mudo e que muitas pessoas fazem questão de lembrar o que simplesmente já passo.

e hoje isso tudo se repete por mais uma vez,
é realmente, eu não aprendo /;

Nenhum comentário:

Postar um comentário